Silicone no Glúteo

Se você quer ficar com o bumbum maior e arrebitado, implante silicone no glúteo.

Artigo publicado por Fernanda Guimarães nas categorias: Beleza, Corpo

Com a explosão do funk carioca, as “popozudas” entraram na moda. Portanto, quanto mais bumbum a mulher tiver, mais sucesso fará entre o sexo oposto. E é por esse motivo que gluteoplastia de aumento, popularmente chamada de implante de silicone no glúteo, tem sido cada vez mais procurada no Brasil. Sendo assim, conheça a prótese de silicone para o glúteo lendo esse artigo.

Indicações

O implante de prótese de silicone no glúteo é recomendado para mulheres com nádegas pequenas ou murchas ou que depois de um emagrecimento rápido, sofreram de grande perda de volume na área, mas sem apresentarem flacidez excessiva.

Tipos de Próteses de Silicone

As próteses de silicone apresentam vários formatos a fim de agradar qualquer paciente. A sua forma pode ser anatômica ou redonda e o seu envoltório pode ser liso ou áspero. Então, na hora da consulta médica, o cirurgião discute com a paciente qual é o melhor tipo de prótese para ela de acordo com a sua estrutura, peso, idade e desejo.

Implante de silicone no bumbum

Contudo, antes de consultar qualquer cirurgião plástico, peça por recomendações de amigos ou familiares, pois há alguns médicos utilizando próteses mamárias, que são muito mais fracas e frágeis que as próprias para a região das nádegas, que são mais caras. Estas devem ser reforçadas porque sofrem constante pressão quando a mulher se senta e passam por inúmeros movimentos. Por isso, certifique-se de que o seu médico irá usar as próteses corretas.

Como é a Cirurgia

Antes da cirurgia, a paciente recebe a anestesia peridural ou geral. Assim que ela repousa, é feito um corte na área do sulco glúteo, ou seja, na prega entre as nádegas, para que a prótese seja implantada. Então, é manuseada até ficar no local correto e o corte é costurado. A cicatriz fica bem escondida e dificilmente é percebida.

Silicone no glúteo

Confira esta entrevista com um médico sobre implante de silicone no bumbum:

Pós-Operatório

Após a cirurgia, a paciente precisa ficar entre 24 e 48 horas internada, sendo que a recuperação durante esse tempo é um tanto dolorosa. Para tanto, são receitados antiinflamatórios e analgésicos para amenizar as dores. Entre o segundo e o terceiro dias, o dreno é retirado.

Durante 21 dias, não se pode deitar de costas para evitar desconfortos e deve-se sentar somente em locais macios ou com buracos centrais.

Possíveis Complicações

Como toda cirurgia, o implante de silicone no glúteo pode apresentar algumas complicações, mesmo que raras. Há casos de infecções, de hematomas, de extrusões da prótese, de contratura da cápsula que envolve a prótese e de problemas gerados pela anestesia.

Resultados Definitivos

Logo após a cirurgia, já é possível notar um considerável aumento e modelação das nádegas, apesar de estarem inchadas. Esses inchaços começam a diminuir depois dos 2 primeiros meses pós-operatórios e a cicatrização começa a acontecer também nesse período.

No entanto, a cicatrização completa só ocorre no sexto mês, quando as cicatrizes estão mais maduras e desaparecem.

Preços

Os preços do implante de silicone no glúteo ainda estão bem altos devido ao material utilizado e da ainda pouca especialização dos cirurgiões. Eles variam entre R$5000 e R$15.000, dependendo do médico e do material escolhido.

1 comentário

  1. Valesca (25/06/2013)

    Gostei, bem esclarecedor.

Comente!




*Campos obrigatórios