Selênio

O selênio é muito importante para prevenir o envelhecimento e doenças cardiovasculares.

Artigo publicado por Fernanda Guimarães nas categorias: Beleza, Bem-Estar, Saúde

O selênio é um mineral muito importante para o organismo humano, pois ele é responsável por protegê-lo contra os radicais livres, prevenindo principalmente o envelhecimento e as doenças cardiovasculares. Sendo assim, saiba quais são os benefícios do selênio, onde ele pode ser encontrado e também o que pode causar o exagero do seu consumo.

Origem

O selênio foi descoberto em 1818 pelo químico sueco Berzelius, que deu esse nome em homenagem à deusa grega Selene porque ele tem uma cor cinza prateada na sua forma metálica. A sua presença no organismo humano – onde é encontrado principalmente nos músculos, nos rins, no coração e no fígado – só foi detectada em 1975. Ele é absorvido nas seções superiores do intestino delgado e é eliminado pela urina na maioria das vezes.

Benefícios do Selênio

Como é componente de uma enzima antioxidante e melhora a absorção da vitamina E, o selênio tem o poder de combater os radicais livres, retardando o envelhecimento dos órgãos e evitando doenças do coração.

Quando há pouco consumo desse mineral, o organismo produz mais substâncias pós-inflamatórias, o que o deixa mais fraco e sobrecarregado. Portanto, ele ajuda no bom funcionamento do sistema imunológico, protegendo as pessoas contra gripes, resfriados e viroses.

Alimentos com selênio

Se for aliado à ingestão de iodo e zinco, faz com que a tireóide tenha o seu funcionamento perfeito. Além disso, cientistas comprovaram que a falta de selênio provoca o risco do desenvolvimento de cânceres na próstata, no pulmão e nos ovários. E quando o consumo é regular, pode prevenir ocorrências de cânceres de próstata, intestino, ovários e leucemia. Sendo assim, pessoas com histórico familiar com câncer devem incluir esse mineral na alimentação para preveni-lo.

E para não sofrer com doenças neurodegenerativas como o Mal de Alzheimer, inclua o selênio no cardápio, porque ele ajuda no bom funcionamento do fígado, o que faz com que mais toxinas sejam eliminadas, especialmente metais pesados como o cádmio e o mercúrio.

Onde Encontrar Selênio

A maior fonte de selênio é a castanha-do-pará. Entretanto, para ter os seus benefícios, apenas 2 por dia são o suficiente, já que o excesso pode ser prejudicial à saúde. Outros alimentos que contêm o mineral em sua composição são: salmão, farelo de trigo, ostras cruas, sementes de girassol secas, fígado bovino, camarão cru, farinha de centeio, peito de galinha assado, milho, arroz branco cru, alho, cogumelo, noz pecã, amêndoa e avelã.

Salmão possui selênio

Deficiência de Selênio

A deficiência de selênio no organismo humano pode causar inúmeros malefícios, entre os quais a sensibilidade e fraqueza muscular, a degeneração do pâncreas e a vulnerabilidade ao câncer.

O que Causa o Exagero de Selênio

O consumo ideal de selênio por dia é de 55 mcg para os adultos e de 25 mcg para crianças. Portanto, mesmo que os benefícios sejam vários, a ingestão de quantidades diárias muito grandes pode causar malefícios à saúde como o calapso vascular periférico, a dermatite, o vômito, a queda de cabelo, a alteração do esmalte dentário, a congestão vascular interna e a fadiga muscular.

Para mais informações sobre os benefícios do Selênio, assista ao vídeo abaixo:

Comente!




*Campos obrigatórios