Óleo de Rícino

O óleo de rícino ajuda no controle de várias doenças e ainda mantém a sua pele e cabelos lindos.

Artigo publicado por Fernanda Guimarães nas categorias: Bem-Estar, Saúde

O óleo de rícino, também conhecido como óleo de mamona, é um daqueles produtos naturais que servem para o tratamento de diversas doenças. Por isso, ele é tão procurado nas farmácias e em lojas de produtos naturais. Além disso, ele ajuda a fortalecer os cabelos e deixa a pele mais bonita, o que o coloca também nas prateleiras das perfumarias. Sendo assim, conheça um pouco mais sobre o pode do óleo de rícino:

Benefícios do Óleo de Rícino para a Saúde

O óleo de rícino pode substituir o colírio, pois remove eficazmente quaisquer detritos dos olhos, assim como irritações por eles causadas. Ele ainda é utilizado no tratamento do “chiqueiro do olho”, uma infecção das glândulas nas pálpebras e da blefarite, quando os olhos ficam vermelhos por causa da inflamação. E se você tem cílios finos e fracos, fica uma dica: passe o óleo de mamona sobre eles para crescerem fortes e saudáveis.

Sementes de Rícino

Por ter propriedades desinfetantes, esse poderoso óleo ajuda a combater infecções fúngicas ou bacterianas da pele como erupções cutâneas, úlceras de pele, pruridos cutâneos, micoses e verrugas. Além disso, pode ser utilizado no tratamento de pele ressecada, principalmente nas regiões dos tornozelos e dos pés, quando estão rachados. E como ajuda na produção de colágeno e elastina, contribui para que o rosto fique com a pele mais lisa, macia e bonita.

Ele também é um poderoso laxante, que deve ser utilizado com moderação para não provocar o excesso de diarréia.

Óleo de Rícino para o Cabelo

E se você está com os fios fracos, finos e sem brilho, a sua solução pode estar no óleo de rícino, que tem propriedades capilares comprovadas. Ele age contra infecções no couro cabeludo, caspas, piolhos e deixa as raízes fortes para um bom crescimento.

Para deixar seu cabelo lindo, faça a seguinte experiência: misture uma colher de sopa de óleo de rícino a uma de azeite de oliva e uma de óleo de coco. Passe no cabelo após lavá-lo e secá-lo adequadamente e deixe-o de um dia para o outro. O resultado será fantástico!

Óleo de Rícino

Se acrescentá-lo ao seu óleo de nutrição, os efeitos serão ainda melhores, assim como ao finalizador. Seus cabelos nunca serão tão fortes, brilhantes e macios como com o óleo de rícino. Experimente!

Dosagem Indicada

Caso você vá usá-lo internamente, leia com atenção o rótulo do produto, que deve ser indicado para tal finalidade. Então, utilize entre uma colher e uma colher e meia de chá por dia para não sofrer com os seus efeitos colaterais maléficos.

Por outro lado, para o uso externo, o indicado é uma gota em cada olho ou uma colher de sopa em casos de uso cosmético para os cabelos. Na pele, a quantidade necessária para umedecê-la.

Contra-Indicações

Mulheres grávidas e lactantes, assim como pessoas em estado de saúde grave devem consultar o médico antes de consumir o óleo de rícino.

Efeitos Colaterais

Caso haja super dosagens do óleo de rícino, pode haver efeitos colaterais como vômitos, diarréias, náuseas e dores abdominais. Portanto, só ingira a quantidade indicada.

Comente!




*Campos obrigatórios