Manchas de Espinhas

Antes que as manchas de espinhas apareçam, preveni-las é a melhor solução.

Artigo publicado por Fernanda Guimarães nas categorias: Beleza, Pele

As espinhas são o pesadelo de qualquer ser humano, mas o pior de tudo é quando deixam manchas que parecem demorar uma eternidade para saírem. Em alguns casos, elas até ficam permanentemente. Entretanto, é possível fazer com que elas desapareçam ou que fiquem mais amenizadas com alguns tratamentos de estética disponíveis no mercado. Sendo assim, saiba como eliminar manchas de espinhas.

Como Prevenir as Manchas de Espinhas

Antes que você precise sofrer para eliminar as manchas de espinhas, saiba como preveni-las. O primeiro conselho é lavar bem o rosto com o sabonete indicado para o seu tipo de pele de manhã para que elas nem apareçam.

Mas se aparecerem, nunca as esprema, por mais feias que sejam. Espere elas amadurecerem e estourarem naturalmente, pois assim não haverá sequelas. Durante esse processo, nunca saia de casa sem o protetor solar para que a sua pele tenha uma cor uniforme.

Tratamento para manchas de espinha

Tipos de Manchas de Espinhas

Existem 3 tipos de manchas deixadas pelas espinhas:

  1. Uma delas é a chamada “hiperpigmantação pós-inflamatória”, conhecida também como PIH na sigla em inglês. Ela aparece quando a pele produz mais melanina, substância que dá cor à pele, que o necessário por causa da lesão sofrida. Por isso, é mais comum em pessoas com pele mais escura, que ficam com a descoloração arroxeada, preta ou bege, diferente das com pele clara, que as têm em tons rosa e vermelho. Esse tipo de mancha acaba por desaparecer com o tempo por serem menos graves.
  2. Quando a inflamação gerada pela acne torna-se grave a ponto de degradar o colágeno da pele, as manchas são cicatrizes causadas pela chamada acne cística. Elas são rosadas ou escuras no começo, porém, a pele retorna à cor original. Contudo, a sua textura fica diferente.
  3. Entretanto, o tipo mais comum e mais grave é o das cicatrizes causadas pelas espinhas atróficas, que causam verdadeiros furos na pele que precisam de tratamento para serem eliminados.

Tratamentos

Cremes Clareadores

Caso você sofra com as manhas de espinhas do tipo hiperpigmentação pós-inflamatória e não tenha paciência para esperar que desapareçam, existem no mercado alguns cremes clareadores formulados por laboratórios respeitáveis. Dente eles, os mais indicados são o Melani-D da La Roche e a loção fluida Clariderm da Stiefel.

Marcas de espinha

Peeling

Para ficar com a pele mais homogênea no caso da acne cística, um peeling superficial é o tratamento mais indicado. Além de irritar pouco a pele por causar pouca ou nenhuma descamação visível, ele deixa a pele menos vulnerável aos raios ultravioleta. E para completar, ele tem baixo custo, não causa tanta dor e é rápido.

Laser

Porém, se o seu caso é grave e você possui muitas marcas de espinhas no rosto, a solução é o laser, que atua na parte profunda da pele, onde se encontram as glândulas sebáceas. Ele também promove a formação de um novo colágeno, o que reestrutura a pele, diminuindo bastante as cicatrizes deixadas pelas espinhas.

Obs.: Apesar de indicarmos todos esses tratamentos para as manchas de espinhas, o melhor é consultar um bom dermatologista para que ele faça os exames necessários para recomendar o melhor procedimento para o seu caso e tipo de pele.

Solução Definitiva

Se você está disposto a acabar com sua acne (cravos, espinhas, pústulas, etc) então Assista o vídeo abaixo e conheça como criar um estilo de vida que irá eliminar a acne de sua vida para sempre:

adeus acne

Comente!




*Campos obrigatórios