Dermocosméticos

Os dermocosméticos são intermediários entre medicamentos e cosméticos e têm ajudado as mulheres a continuarem jovens por muito mais tempo.

Artigo publicado por Fernanda Guimarães nas categorias: Beleza, Pele

Atualmente, tanto mulheres como homens se preocupam com a beleza da pele, independente de idade ou de classe social. Por isso, os cientistas das indústrias de cosméticos trabalham dia e noite para encontrarem fórmulas mágicas para deixarem as peles humanas jovens pelo máximo de tempo possível. Elas podem ser encontradas nos chamados dermocosméticos, produtos semelhantes a medicamentos que podem modificar o aspecto cutâneo. Sendo assim, saiba mais sobre os dermocosméticos nesse post.

O que são Dermocosméticos

Os dermocosméticos, também conhecidos como cosmecêuticos, podem agir profundamente na pele a fim de promoverem alterações fisiológicas que melhoram bastante o seu aspecto físico.

Eles se encontram na linha intermediária entre os cosméticos e os medicamentos e, por isso, devem ter a sua fórmula aprovada pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para serem vendidos como cosméticos de Grau 2. Esses devem conter uma bula com orientações específicas de uso, desde o seu modo de usar até as restrições necessárias. Além disso, devem ser comprovadamente seguros e eficazes.

Dermocosméticos

Por essas especificações, precisam ser obrigatoriamente comercializados em farmácias, apesar de não necessitarem de receitas médicas, tendo uso complementar aos tratamentos dermatológicos.

Ações dos Dermocosméticos

A principal diferença entre os dermocosméticos e os remédios é que os primeiros devem ser utilizados única e exclusivamente como embelezadores, estéticos e recuperadores de tecidos sadios, ao contrário dos últimos, que são usados para o tratamento de doenças instaladas.

Para tanto, são divididos em várias categorias, sendo as mais comuns os cremes e as loções para os sinais na pele, protetores solares, maquiagens e fortalecedores de cabelos, sendo, portanto, indicados tanto para a prevenção quanto para o tratamento de problemas estéticos.

Os dermocosméticos mais produzidos e vendidos em todo o mundo são os cremes antiidade e os anti-acne, os xampus anti-caspa, os hidratantes para peles ressecadas e os protetores solares para peles muito claras. Na maioria das vezes, são indicados por médicos que vêem neles produtos capazes de eliminar vários problemas de seus pacientes.

Uma Indústria em Constante Expansão

O mundo pode entrar em grandes crises financeiras, mas a indústria dos cosméticos e dos dermocosméticos não para de crescer. Isso porque a beleza é um item essencial em todas as camadas sociais, principalmente por esses produtos serem bastante democráticos, ou seja, por possuírem preços diferenciados para cada camada da pirâmide econômica e social.

Produtos para pele

O movimento gerado por essa indústria chega a mais de 1 milhão de dólares por ano com um crescimento de 15% anuais. Com isso, mais indústrias vão nascendo, o que impulsiona o surgimento de tecnologias cada vez mais modernas e eficazes. Portanto, esse é um mercado muito promissor e, se você ainda não possui curso superior ou pretende fazer outra graduação, aposte nos cursos de Engenharia Química, Química, Estética ou Farmácia. Com eles, você dificilmente será desempregada e mal paga.

Para mais informações sobre os dermocosméticos, assista ao vídeo abaixo:

Fernanda Guimarães

Autora

Fernanda Guimarães é apaixonada pela área de relacionamento, sexualidade & amor. Tem ajudado milhares de mulheres a encontrarem o homem ideal através de suas dicas de atração, sedução e conquista!



2 comentários

  1. barbara flosino ferreira mariano

    esse assunto muito me enteressa,sou consultora,mas ainda tenho muitas duvidas.

  2. barbara flosino ferreira mariano

    esse assunto muito interessante pra mim.

Comente!




*Campos obrigatórios