Depilação com Lâmina: Prós e Contras

Saiba mais sobre a depilação com lâmina e veja se o método é para você

Artigo publicado por Fernanda Guimarães nas categorias: Beleza, Pele

A depilação com lâmina deve ser, provavelmente, o segundo método mais popular para se livrar dos pelos. Não por suas vantagens, se comparada a outras técnicas, utilizar a lâmina é uma técnica inferior, mas principalmente por ser um método barato que pode ser utilizado em emergências e tem poucas restrições.

Assim como a depilação com cera, a raspagem dos pelos não é um método contemporâneo, apesar da lâmina de barbear ser um objeto relativamente novo. Quando o Brasil foi descoberto já se observava que as índias brasileiras não possuíam pelos pubianos, durante muito tempo adotou-se que elas nasciam assim, conforme indicado por Pero Vaz de Caminha em seus relatos à Portugal. Mais tarde descobriu-se que na verdade as índias já possuíam a cultura da depilação, elas depilavam os pelos pubianos com a espinha de um peixe, o peixe-lixa, que é semelhante a um pente.

pernas lisas

Prós da Depilação com Lâmina

A depilação com lâminas é o método mais barato para se depilar, qualquer pessoa encontra os aparelhos ou a própria lâmina em supermercados, com a popularidade do seu uso criam até mesmo versões que atendam melhor as necessidades femininas.

Apesar de ser popular, algumas pessoas não sabem como utilizar corretamente  a lâmina: antes de passa-la, aplique condicionador na pele, isso torna os fios mais macios e fáceis de serem cortados, a depilação deve ser feita no sentido contrário ao crescimento dos pelos e a lâmina utilizada deve ser com fita lubrificante, para minimizar cortes.

Esse método é indicado principalmente para emergências, como ir a praia sem planejamento, o que não permitiria ser usada a cera, por exemplo. A lâmina também pode ser usada em qualquer lugar, mas deve ser evitada para pelos faciais, pois com o corte o pelo cresce e a base mais grossa começa a aparecer, dando a sensação de pelos mais grossos.

Contras da Depilação com Lâmina

É um método pouco eficaz, em até dois dias os pelos já estão bem aparentes novamente, pois não são arrancados pela raiz e a lâmina apenas os corta superficialmente.

lâmina

O uso constante de lâminas pode deixar a região que é depilada mais escura, principalmente axilas e a virilha, pois a pele é agredida e quanto mais sensível, maiores as chances de manchar. Quanto mais escura a pessoa for, isso também poderá provocar manchas mais escuras, pois a mesma tem mais melanina. Porém, em pessoas mais escuras as manchas aparecem com mais discrição. Para diminuir o fator escurecimento você pode pedir a um dermatologista que indique um creme pós-depilatório. Mesmo quem já tem regiões escurecidas pode pedir ajuda médica, dependendo do grau, o tratamento pode ser feito com cremes clareadores.

Assim como na depilação com cera, depilar-se com lâmina pode provocar pelos encravados, com o acúmulo de células da epiderme sobre o folículo capilar, para evitar faça esfoliações no corpo periodicamente, até uma vez por semana. Além de evitar os problemas com pelos encravados, a esfoliação ajuda a manter a pele hidratada, vibrante e com aparência jovem. Só é preciso tomar cuidado para não agredi-la.

Fernanda Guimarães

Autora

Fernanda Guimarães é apaixonada pela área de relacionamento, sexualidade & amor. Tem ajudado milhares de mulheres a encontrarem o homem ideal através de suas dicas de atração, sedução e conquista!



Comente!




*Campos obrigatórios