Como Pedir Divórcio

Pedir o divórcio é uma tarefa muito difícil, mas necessária. Portanto, quanto mais amigável for a conversa, menos sofrimento haverá para o casal e para os filhos.

Artigo publicado por Fernanda Guimarães nas categorias: Relacionamento, Término & Divórcio

O namoro foi maravilhoso; o noivado, um paraíso e, finalmente, chegou o momento tão esperado: o casamento, que teve uma linda festa com promessas de amor eterno. Entretanto, agora, você e seu marido parecem 2 estranhos que mal se falam e evitam olhar um para o outro.

Aquele sentimento bonito que outrora os uniu hoje se esvaiu e o que restou foram apenas lembranças de bons momentos e os filhos a serem criados. Por dentro, você sabe o que deve fazer, mas é difícil colocar a decisão em prática. Portanto, saiba como pedir o divórcio para que, apesar de separados, você, o seu marido e as crianças possam viver em paz.

divórcio

Conversa Amigável

Assim como o casamento foi uma decisão a dois, o divórcio também deve sê-lo. Sendo assim, se você está se sentindo infeliz no matrimônio, certamente o seu marido já desconfiou. Desse modo, aproveite um tempo em que estiverem sozinhos e, olhando-o nos olhos, tenha uma conversa séria e decisiva com ele.

Nesse momento, exponha os seus conflitos, as suas mágoas, as suas dúvidas e o seu descontentamento com relação à vida a dois. Do mesmo modo, ele também exporá o ponto de vista dele até que cheguem a um consenso: o divórcio ou mais uma tentativa, que não deve ser descartada, pois muitas vezes os casais tomam atitudes precipitadas e se arrependem no futuro. Geralmente, o distanciamento aparece simplesmente pela falta de diálogo, que pode ser o responsável por reacender a chama do amor.

Porém, se a decisão a que chegaram realmente foi a do divórcio, façam-no amigavelmente, principalmente se tiverem filhos, porque eles serão os mais magoados da história.

Como e Quando Contar aos Filhos

Logo que você e o seu marido tomarem a decisão de se separarem, preparem-se para terem uma conversa delicada com os seus filhos, independente das idades deles. E lembrem-se de fazer isso juntos, mesmo que não consigam mais se suportar. Se as crianças forem muito novas, podem não compreender, mas tentem explicar-lhes de um modo facilitado até que possam crescer e entender o que aconteceu.

Digam-lhes que, mesmo que vocês estejam separados, o papai ou a mamãe sempre os visitará e os levará para passarem um tempo com ele ou ela. Dê exemplos de coleguinhas deles ou de parentes que passaram pela experiência e tentem mostrar-lhes o lado bom do divórcio: que eles terão 2 casas, mais amiguinhos, poderão viajar mais entre outros.

como pedir divórcio

Quando Mais Amigável, Melhor

É claro que ninguém sai ileso de um casamento que não funcionou e mágoas sempre ficam. Contudo, lembre-se que viveu uma vida a 2 com o seu marido e que ele estará presente em seu passado e, se tiver filhos, também no futuro. Por isso, tente se separar do modo mais amigável possível, pois guardar rancores só fará mal a você mesma.

Se ele errou, releve. Pode ser uma tarefa difícil, mas você é forte e adulta o suficiente para pensar mais em você e em seus filhos, que precisam e precisarão do pai por perto. Então, na hora do divórcio, combinem com quem ficarão os filhos, como farão para visitá-los, de quanto será a pensão e como dividirão os bens.

Diversos casais tornam-se grandes amigos após o divórcio e passam a viver em mais harmonia que quando eram casados. Portanto, encare essa fase como uma mudança de vida para melhor, já que terá mais uma experiência na bagagem.

Fernanda Guimarães

Autora

Fernanda Guimarães é apaixonada pela área de relacionamento, sexualidade & amor. Tem ajudado milhares de mulheres a encontrarem o homem ideal através de suas dicas de atração, sedução e conquista!



Comente!




*Campos obrigatórios