Carboxiterapia

Uma técnica muito procurada, a Carboxiterapia pode eliminar de vez a celulite e até as incômodas estrias, veja como.

Artigo publicado por Fernanda Guimarães nas categorias: Beleza, Boa Forma, Corpo, Saúde

O nome não é muito fácil, porém, a técnica está ficando cada vez mais comum. Você deve estar se perguntando o que é a Carboxiterapia? Bem, ela teve origem na Europa e foi desenvolvida inicialmente para curar pacientes com tromboses. Com o tempo, as aplicações foram evoluindo e atualmente tem grande procura nos consultórios de tratamentos estéticos, pois ela pode ser aplicada em qualquer região do corpo, inclusive no rosto, muita gente, inclusive, adere essa técnica para combater as olheiras.

Como Funciona?

A carboxiterapia funciona assim: são colocadas injeções de gás carbônico na camada inferior à derme e, como principal efeito ocorre a vasodilatação, que ajuda a melhorar o fluxo da sangue e a diminuição de inchaço.

Mas por que funciona? Porque quando o gás carbônico CO2 entra em contato com a pele, ele oxigena, produz mais colágeno e ajuda a renovar as fibras elásticas, dando muito mais firmeza. Por isso, a Carboxiterapia é indicada para combater a celulite, as estrias, a reduzir medidas (emagrecer), e também para tratar a flacidez.

Quando o problema são as estrias, o gás vai com o fluxo bem alto e forma um tipo de descamação da estria, assim, ela vai “desbotando”, e torna-se quase imperceptível.

Carboxiterapia

Você deve estar pensando que tudo é muito bom pra ser verdade, será que essas injeções causam alguma rejeição? Bem, fique sabendo que a Carboxiterapia não possui grandes efeitos colaterais, apenas um pequeno ardor – algumas pessoas dizem que dói bastante – na hora da aplicação e a pele também pode ficar um pouco vermelha, depois da sessão é possível realizar as tarefas normalmente, mas para não ter nenhum problema, nada de marcar a aplicação em dia de festa, ok?

O valor da Carboxiterapia não é tão elevado quanto uma lipo, o custo pode variar muito, em média R$ 70,00 a R$ 110,00 a sessão. Ela pode ser aplicada por médicos, de preferência cirurgiões plásticos, pois antes de tudo, ele irá diagnosticar o seu problema, mandará realizar alguns exames para checar a saúde e somente depois irá começar os procedimentos.

Assista a matéria que a atriz Taís Araújo fez para o programa Superbonita sobre essa técnica:

Resultados

Para chegar em um bom resultado, é ideal realizar as sessões pelo menos a cada 15 dias em um total de 20 sessões que duram em média uns 30 minutos. Quem faz geralmente aprova e diz perceber grandes mudanças no corpo, muitos afirmam que a Carboxiterapia ajuda a emagrecer, e torna a pele mais uniforme e lisinha.

Carboxiterapia-rosto

Ao realizar o procedimento com um profissional qualificado e usando as doses certas, a Carboxiterapia não tem muitas contraindicações, apenas não é indicada para gestantes, pacientes muito obesos e que possuem algum tipo de alergia a agulhas.

Porém, para ter um efeito duradouro, que faça valer o investimento, a Carboxiterapia deve ser  acompanhada de uma alimentação rica em proteínas e com menos gordura possível, além de muitos exercícios físicos, enfim, a conquista de uma vida saudável.

Fernanda Guimarães

Autora

Fernanda Guimarães é apaixonada pela área de relacionamento, sexualidade & amor. Tem ajudado milhares de mulheres a encontrarem o homem ideal através de suas dicas de atração, sedução e conquista!



4 comentários

  1. clerys

    Boa noite,nossa meu sonho fazer esse tratamento,eu sabia q ciencia ia evoluir.nos mulheres sofre com estrias,flacidez e estrias.

  2. tais

    nossa gostei muto disso

  3. ELIANE

    É CAUSO A MULHER TENHA MUITO POUCO E SENTE VERGONHA QUANTAS SESSOES ELA PRECISA FAZER? E TERA QUE FAZER PERIODICAMENTE?

  4. Maraglai terezinhaschedler

    eu so´posso agradecer de todo coração tantas instruçõesobrigada por tudo e muito sucesso

Comente!




*Campos obrigatórios