Amor ou Sexo: Qual é a Diferença?

Enquanto o amor envolve companheirismo, confiança e carinho, o sexo é carnal e momentâneo.

Artigo publicado por Fernanda Guimarães nas categorias: Relacionamento, Sexo

Apesar de serem termos bastante usados no nosso cotidiano, o amor sempre se confunde com o sexo, talvez porque a finalidade dele realmente seja a “cama”. Entretanto, ao chegar nela, os sentimentos envolvidos são bem diferentes e os amantes se encontram em uma deliciosa sintonia que envolve tanto paixão quanto companheirismo, carinho e dedicação. Então, se você ainda está confusa quanto a esses termos, saiba qual é a diferença entre amor e sexo:

amor-ou-sexo

Sentimentos

Enquanto o amor é mergulhado em sentimentalismo, palavras e gestos carinhosos e muitos mimos que tocam a alma, o sexo é apenas a satisfação do corpo momentânea. Ou seja, dificilmente você encontrará o amor da sua vida em uma balada, passando apenas uma noite com o gato, a não ser que o esteja paquerando há anos. Nesse caso, você estaria fazendo somente sexo e nada mais. Talvez, com o passar do tempo, após perceber que há química e identificação entre vocês, o amor venha e os faça sentir algo mais forte. Por isso,o amor geralmente demora mais para acontecer: é preciso conhecer a pessoa, conviver com ela e saber se há afinidades entre os pares. Então, o sentimento nasce e cresce. Dentro dele, claro, está o sexo, que é a união entre os corpos que se amam.

Existe Amor Sem Sexo?

Como você pode sentir amor tanto pelo seu cachorro quanto pela sua mãe, sua tia, sua irmã ou sua vizinha, certamente existe amor se sexo. No entanto, nesse post estamos nos referindo ao amor entre um casal, que pode envolver um homem e uma mulher, 2 mulheres, 2 homens ou até mais de 2 pessoas, no caso do “poliamor”. No início do relacionamento, o sexo conta, e muito. Ou seja, a paixão também é grande. Dessa forma, é quase impossível existir amor sem sexo. Por outro lado, com o passar do tempo, é comum que a relação se esfrie e torne-se somente amor… Os pares se acostumam um ao outro e acabam se tornando verdadeiros amigos e companheiros, o que deixa o sexo para segundo, terceiro, quarto ou quinto planos… Mas não se desanime, pois geralmente isso é uma fase: vêm os filhos, o trabalho, os cachorros e as preocupações são muitas, porém, ao serem resolvidas, uma a uma, o casal volta a se entender na cama. Vários casais voltam a fazer mais sexo depois que os filhos vão estudar fora ou se casam!

E Sexo Sem Amor?

Bom, com o Carnaval chegando, é claro que você já sabe a resposta para essa pergunta, não é mesmo? O mundo está lotado de pessoas que pretendem apenas encontrar a satisfação sexual, sem envolvimento algum. Na realidade, hoje em dia, é muito comum encontrar pessoas que fogem de relacionamentos sérios porque dão trabalho, é preciso dar explicações e estar disponível o tempo todo para a pessoa amada. Então, saem a caça de um corpo, seja nas redes sociais, nas baladas, nas salas de bate papo ou no Tinder. E não devemos recriminá-las, afinal, o corpo é nosso e fazemos dele o que quisermos, não é mesmo? Contanto que tenhamos uma mente aberta e pronta para aceitar de tudo, faça somente o que for melhor para você. Ou seja, amor ou sexo, ambos são deliciosos e para escolher o melhor, siga o seu instinto!

Fernanda Guimarães

Autora

Fernanda Guimarães é apaixonada pela área de relacionamento, sexualidade & amor. Tem ajudado milhares de mulheres a encontrarem o homem ideal através de suas dicas de atração, sedução e conquista!



Comente!




*Campos obrigatórios